terça-feira, 5 de julho de 2011

O tempo não volta atrás

O tempo escasseia a cada segundo que passa. As horas passam e o relógio avança. Com uma velocidade hiperbolicamente superior à velocidade da luz, sente, os anos, os dias, as horas, os minutos, os segundos e os milésimos de segundo a passar. Esperanças e desejos não correspondidos. Guerras, apaziguamentos, lutas, derrotas, vitórias. O tempo avança cada vez mais. Olhando aquela maravilhosa e reconfortante paisagem, através da janela da sua casa, vê o pôr-do-sol e diz: amanhã será outro dia. Farto de viver contra tudo e contra todos, sente falta do que realmente o faz sentir-se vivo. O som dos aplausos, os assobios, as lágrimas que inundam aquele sítio de felicidade. Era tudo isto que o fazia sentir-se bem, sentir-se em ‘casa’. Com todas aquelas memórias apenas conseguia revoltar-se contra si mesmo pensando como foi capaz de desperdiçar todo aquele tempo com as ditas ‘guerras’. Neste mundo onde  tudo passa a correr não há tempo a perder, não há tempo para pensar, apenas há tempo para agir e viver porque parar é morrer! Não há tempo para choros, desistências, medos ou inseguranças. Só há tempo para aprender a viver. É tempo de viver, porque o tempo não volta atrás

4 comentários:

  1. Gostei, espero viver sempre ao teu lado minha cassula :)

    ResponderEliminar
  2. espero que vivas sempre ao meu lado também minha princesa :)

    ResponderEliminar